Análise de A Plague Tale: Requiem


É bom aprender com o beat Esta não é apenas uma filosofia humana, também uma lição para qualquer empresa E foi exatamente isto que ocorreu com a Focus Home Interativo

A empresa francesa de Games, responsável pelas séries Trackmania E jogo de guerranão ganhaoriedade com A Plague Tale: InocênciaO jogo, se destacou pelo elemento de furtividade (além de gráficos belíssimos), escrito a editora a acertar em cheio no segundo título.

São vários detalhes que chamam a minha atenção, entre eles, a mecânica de jogo, o fator replay e a beleza do jogo. Mas será que eles foram bem inseridos?

tio Conto da Praga: Inocência Marcado sua jogabilidade focada em um olhar maravilhoso para o editor de quebra-cabeças e olhar para o editor de quebra-cabeças da pele que na verdade funciona por Amicia era ações furtivas e isso ficou uma base maravilhosamente importada

Aprendendo com os traços

Quatro Anos Depois, A Plague Tale: Réquiem chegou para encantar os jogadores e mostrar que é possível fazer uma sequência com cast Mas antes de falarmos Sober as novidades, é importante situar o jogador no ritmo

réquiem A partir de agora, o trabalho é divertido. juntamente com a combinação perfeita de ingredientes e ingredientes Momentos importantes, é possível se sentir em um jogo de mundo aberto, mas não se engane.

A aventura ocorre 6 meses após os acontecimentos do primeiro título, na França Medieval do século 14. Nele, a família de Amicia viaja para o sul, que ainda não foi destruída pela peste negra.

Amicia fará de tudo para curar seu irmão, Hugo, que vive com uma doença misteriosamente sanguínea. Mas para isso, ela terá que controlar um trauma, o de inimigos – e também lidar com o alquimista wodin.

Mais Só que o caminhão de inserções pode ter caro caro.

Independentemente disso, temos que destacar o talento do Estúdio Asobo, que colocou ingredientes para aventura ganhar, vida e inconsistência Mas como inconsistente? Bom, pressionar vamos falar sobre nossas novidades.

Em um jogo de brilho, a ação pode ser perigosa Baixar alguns títulos na história que pode ser feito em francês. Deus Ex. Agora Em réquiemalém de se esgueirar pelos arbustos, o jogador pode atordoar e forçar inimigos alias, prepare-se para usar a famosa besta para destruir os inquisidores franceses.

Livre e solto

Um dos grandes problemas encontrados na edição anterior à jogabilidade. Hmm E ela interferia diretamente no gaming para gaming. O sistema operacional que atrapalhava as ações de Steal, respondeu por grande parte da aventura.

Em réquiema movimentação está mais polida, deixando o jogo mais realista e jogável.E este possíveis elementos ou batalhas, em jogos sem jogos.

Como disse anteriormente, a Amicia poderá utilizar diversos itens para os inimigos. Além da melhor e da tiradeira, será possível criar alquimia para destruir quem passar pela sua frente.

O Ignifer, já utilizado no jogo anterior, servirá para acender no brasas e superfícies inflamáveis.

Usado por usuários o para combater os ratos, O cegante em suas fugas, e o Exstinguis, que acaba com incêndios e inimigos por um tempo.

Hmm detalhe importante é que você poderá determinar o futuro do seu jogo.

Travalho de Primeira Qualidade

Desde o primeiro jogo, a beleza gráfica ja chamava a atenção dos jogadores. Quando jogar A Conto da Praga: InocênciaA otimização sempre teve muita qualidade, grátis em todo o conteúdo 1080p ou 4k.

Em réquiemas imagens possíveis, primeiro, aumentar o nível de qualidade, sem deixar de lado, foram pouco utilizadas.

Cada pixel está em seu lugar e a beleza do cenário chega a ser estonteante. Vale destacar também o sonho de Hugo, que apresenta uma ilha bucólica, com grandes elementos art

O jogador também está inserido em momentos sombrios, com cores aterrorizantes mais escuras e tudo aquilo que poder os jogadores mais humor.

Ah, o jogo também ganhou em cores, Principal ao conhecer a nova casa da família de Amicia. Ela se lugar no sul da França e, ao chegar, é possível ver a beleza e o encantamento do.

Era necessário tudo isso?

Conteúdo rico e interessante na jogabilidade, a pergunta que fica é necessário incrementar-lo dessa forma.

Eu acredito que sim, mas isso não é o suficiente para tornar a aventura desafiadora do Digo isto, porque grande parte do jogo pode ser melhorado, inimigos do sistema operacional.

Eles são simples e com pouca profundidade. Com o passar do tempo fica muito fácil derrotá-los. Vale destacar também que a inteligência inventa deles é baixa, o que torna a aventura sem brilho.

Para se ter uma ideia, os ratos são mais espertos do que os seres humanos apresentam no jogo Tem algo errado por aqui, certo?

Valpena?

réquiem é uma sequência digna para uma série epidemiaTrouxe gráficos melhores, o que já é um grande convite para conhecer-lo.A imersão segue, com som ambiente e música de primeira sensacional selecionada.

Adicionado um sistema de furtividade e trouxe um combate, que pode significar o futuro da aventura e o de Amicia.

Mas tudo tem um problema Nos momentos em que você quer desenvolver aventura precisa de itens de alquimia para o editor quebra-cabeçae infelizmente eles travam o desenrolar da história.

provavelmente seria resolvido com um enredo mais pontual e, principalmente, com um game design que tornasse novas aventuras.



FONTE

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *